02 Mar

Covid 19 - SINAIT reitera ao ME necessidade de manter Auditores-Fiscais do Trabalho em trabalho remoto

Publicada em: 02/03/2021

Por Andrea Bochi

Revisão: Nilza Murari 

O SINAIT protocolou nesta segunda-feira, 1º de março, cartas em que solicita ao Secretário da Secretaria Especial de Previdência e Trabalho Bruno bianco Leal, ao Secretário do Trabalho Bruno Dalcolmo e ao subsecretário de Inspeção do Trabalho Rômulo Machado, a manutenção do trabalho remoto para os Auditores-Fiscais do Trabalho. 

A demanda se fundamenta no atual cenário de agravamento da disseminação do coronavírus e o iminente colapso em hospitais da rede pública e privada, em razão do aumento de casos graves da doença. O documento aponta ainda que estados e cidades, incluindo o Distrito Federal, decretaram o regime de lockdown, na tentativa de conter o avanço da doença e evitar o total colapso dos hospitais. 

A manifestação da entidade se dá diante da previsão, por parte da administração, de retomar o trabalho presencial dos Auditores-Fiscais do Trabalho nas Superintendências Regionais do Trabalho – SRTs, especificamente no Setor de Multas e Recursos – Semur e de Protocolo. 

O SINAIT lembra que é grande o número de Auditores-Fiscais do Trabalho que fazem parte de grupos de risco e que frequentemente levam suas preocupações ao SINAIT em relação às condições em que o retorno se dará. 

Acesse aqui a carta enviada ao Secretário Especial Bruno Bianco Leal. 

Acesse aqui a carta enviada ao Secretário do Trabalho Bruno Dalcolmo. 

Acesse aqui a carta enviada ao Subsecretário Rômulo Machado.