26 Set

PE - No Encontro Rural, diálogo social e trabalho decente foram debatidos na Superintendência Regional

Publicada em: 26/09/2022

O diálogo social, o trabalho decente e produtivo, as alterações da Norma Regulamentadora (NR) nº 31 foram alguns dos temas tratados no Encontro do Setor Rural de Pernambuco: horizontes e perspectivas, ocorrido nesta segunda-feira, 26 de setembro, no auditório da Superintendência Regional do Trabalho em Pernambuco (SRT/PE), em Recife. As participações foram mediadas pelo Auditor-Fiscal do Trabalho Carlos Silva, coordenador da Fiscalização do Trabalho Rural no Estado de Pernambuco (SRT/PE). O evento foi transmitido pelo YouTube por meio do canal da Escola Nacional da Inspeção do Trabalho.  

Durante o encontro, em três blocos de abertura, e nos painéis, falaram Auditores-Fiscais do Trabalho, representantes sindicais, setor produtivo, entre outros. No primeiro bloco, no período da manhã, falaram Napoleão Gomes da Fonseca Filho, superintendente da SRT/PE; Rômulo Machado, subsecretário de Inspeção do Trabalho; Edison Cantareli, chefe de Planejamento da Fiscalização do Trabalho na SRT/PE; Simone Holmes, chefe da Fiscalização em Saúde e Segurança no Trabalho. 

Destaque para as participações dos dirigentes do SINAIT Vera Jatobá (Diretora), Carlos Silva (Vice-presidente), Maria Imaculada (DS/PE) 

Nas exposições de abertura, os palestrantes foram unânimes ao citar a realização do evento que recria um espaço de diálogo sobre as questões prementes no setor rural do estado, como, as questões agrícolas, exigências do mercado nacional e de exportação, necessidade de ambiente mais salutar para os trabalhadores rurais, entre outras exigências em busca de um ambiente mais seguro e digno para o segmento. 

Foram três os painéis apresentados na manhã desta segunda-feira - Panorama Geral das principais alterações da NR 31; Panorama das Safras 2022/2023; Saúde e Segurança do Setor Rural em Pernambuco - desafios e perspectivas.

Na parte da tarde, o encontro teve continuidade, abordando os temas Agrotóxicos e outros assuntos crônicos e atuais no cotidiano dos trabalhadores e trabalhadoras rurais; Informalidade. Reflexos e impactos multifacetados - desafios e perspectivas, e Desafios para a promoção do trabalho decente e enfrentamento do TAE no campo em Pernambuco.

Veja as exposições do Encontro Rural na íntegra aqui.