14 Abr

Confira a luta do SINAIT em busca de reposição das perdas inflacionárias para a categoria

Publicada em: 14/04/2022

Por Andrea Bochi e Dâmares Vaz

Em busca do fortalecimento da luta pelo reajuste salarial de 19,99%, as entidades que integram o Fórum Nacional das Entidades dos Servidores Públicos Federais (Fonasefe) e Fórum Nacional das Carreiras Típicas de Estado (Fonacate) avançam em busca da real reposição das perdas inflacionárias fortalecendo a Campanha Unificada de 2022.

Desde 2020, o conjunto do funcionalismo vem apontando as duras perdas sofridas pelos servidores públicos nos últimos anos, em razão do cenário de alta inflação. O SINAIT age integrado aos fóruns que compõe – Fonasefe e Fonacate.

No dia 12 de abril, o assunto esteve em pauta em reunião do Fonacate, da qual participou o presidente do Sindicato, Bob Machado. Além de relatarem a situação de cada categoria, as entidades ressaltaram a importância da intensificação das mobilizações nas próximas semanas, diante do fechamento da janela orçamentária e legal para encaminhamento de projetos de reajuste salarial – veja mais aqui.

Em 18 de janeiro, as entidades protocolaram a pauta de reivindicações junto aos órgãos do governo federal. Além da recomposição salarial de 19,99%, os servidores públicos federais pedem a derrubada da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 32 – da reforma Administrativa – e a revogação da Emenda Constitucional 95, que impôs o Teto dos Gastos em áreas como Saúde e Educação. Ambas medidas são parte da estratégia de precarização e desmonte dos serviços públicos. Nesse mesmo dia,  os servidores públicos federais promoveram o Dia Nacional de Mobilização por reajuste salarial para todas as categorias. Foi a primeira grande mobilização de 2022, contando com a participação doSINAIT e mais de 40 categorias de servidores públicos, e ainda apoio de parlamentares.

Em reunião realizada no dia 4 de março, o Fonasefe decidiu mais ações da Campanha Salarial. As orientações foram para que as entidades participassem ativamente, no dia 8 de março, Dia Internacional da Mulher, de atos em todo o País, presenciais ou virtuais.

No dia 10 de março, representantes do Fonacate e da Frente Parlamentar Mista em Defesa do Serviço Público (Servir Brasil), reuniram-se com a ministra-chefe da Secretaria de Governo da Presidência da República, Flávia Arruda. Na pauta, o fortalecimento das entidades de classe do funcionalismo e a campanha salarial dos servidores públicos federais. O encontro teve a participação do diretor do SINAIT Sebastião Estevam dos Santos e ocorreu no Palácio do Planalto, em Brasília.

O deputado federal Professor Israel Batista (PSB/DF), coordenador da Frente Servir Brasil, participou da conversa e, junto com os sindicalistas, expressou preocupação com a ausência de uma política salarial para as carreiras do Poder Executivo federal. O grupo ainda reforçou o pedido para que a ministra fizesse a intermediação de reunião entre os servidores, Casa Civil e a equipe econômica, para debater a política salarial do funcionalismo – veja mais aqui.

As entidades realizaram grande ato nacional, realizado no dia 16 de março, cuja concentração foi no Espaço do Servidor, em Brasília.

No dia 22 de março, integrantes do Fonasefe reuniram-se com representantes do Ministério da Economia para tratar do reajuste emergencial de 19,99% para todas as categorias do serviço público. Os servidores foram recebidos por Leonardo José Mattos Sultani, diretor da Secretaria de Gestão de Desempenho de Pessoal, José Borges de Carvalho Filho, diretor-geral de Negociação Sindical no Serviço Público, e Fremy de Souza e Silva, coordenador-geral de Estudos Normativos e Segurança do Trabalho – saiba mais aqui.