06 Jun

Sinait participa de lançamento da plataforma E-Ranking Cidadão

Publicada em: 06/06/2018

Por Solange Nunes

Edição: Nilza Murari

Dirigentes do Sinait participaram do lançamento da plataforma E-Ranking Cidadão, nesta quarta-feira, 6 de junho, no auditório do Teatro Brasília Shopping, em Brasília (DF). O programa é uma ferramenta de monitoramento da atividade parlamentar para auxiliar a sociedade na avaliação do desempenho de seus representantes no Congresso Nacional. A plataforma foi elaborada a partir de uma iniciativa do Sindicato Nacional dos Analistas-Tributários da Receita Federal do Brasil – Sindireceita.

De acordo com a vice-presidente do Sinait, Rosa Maria Campos Jorge, a ferramenta de monitoramento é mais um instrumento de suporte e ajuda para os sindicatos, órgãos federais, estaduais, municipais, entidades de representação social e cidadãos acompanharem decisões do Parlamento brasileiro. “Precisamos estar atentos às votações e tomadas de decisões no Congresso. Este tipo de monitoramento vai agilizar ações do Sinait no Congresso Nacional”.

Antônio Augusto de Queiroz, diretor de documentação do Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar – Diap, considera a plataforma importante, principalmente, no contexto político atual. “Neste ano, vamos enfrentar um processo eleitoral para presidente da República e outros cargos e é preciso transparência no processo e nas fontes de consultas. A ferramenta analisa com cuidado a movimentação política do candidato na Câmara e no Senado e nos ajuda neste processo de escolha”.

E-Ranking Cidadão

Jorge Ramos Mizael, cientista político e diretor da Meta Política, responsável pelo desenvolvimento do E-Ranking Cidadão, explica que a plataforma contempla a parte analítica do processo político e do candidato. “A ferramenta permite maior transparência sobre a atuação de cada parlamentar. Além de contribuir para ampliar o entendimento sobre as atividades do Congresso Nacional e instrumentalizar a atuação das organizações e entidades”.

Plataforma

O E-Ranking Cidadão disponibiliza informações relativas à atuação dos parlamentares em projetos de lei, Medidas Provisórias e outras proposições. É possível identificar, por meio do sistema, o autor e relator da proposta; os interesses do governo e da oposição; os principais defensores e opositores da matéria, entre outras informações que podem contribuir para o acompanhamento dos temas de interesse de movimentos sociais, entidades, organizações e sindicatos.

Neste contexto de monitoramento, os parlamentares são pontuados de maneira positiva e negativa. Quanto maior o engajamento na tramitação do projeto, mais pontos ele recebe. A pontuação depende da consonância dele ou não com os interesses da sociedade. Em um projeto rejeitado pela sociedade, por exemplo, são atribuídos pontos negativos em sua atuação para facilitar a aprovação. A aferição é construída pela apresentação de requerimentos de urgência, de quebra de interstícios, entre outros. O mesmo acontece quando se trata de uma proposta de interesse social, que pode resultar em aferição positiva para o deputado e/ou senador.

Participaram pelo Sinait os diretores Ana Palmira Arruda Camargo, Dalva Coatti, Sebastião de Abreu Neto; a presidente do Conselho de Delegados Sindicais, Olga Machado, e Vânius Corte, integrante do Comando Nacional de Mobilização – CNM.