11 Abr

Na Mídia – Atualização da Lista Suja repercute na imprensa nacional

Publicada em: 11/04/2018

A atualização e publicação do cadastro de empregadores flagrados explorando trabalhadores submetidos à condições análogas à de escravo repercutiu na imprensa nacional.

A atualização traz 34 novos nomes de pessoas físicas e jurídicas que foram responsáveis por 269 trabalhadores em situação análoga a de escravo. A lista tem 166 nomes.

Entre as empresas estão a ALL América Latina Logística (atual Rumo Malha Paulista), a Cone Brasil, que comercializou alimentos no Rock in Rio e duas construtoras responsáveis por obras no Programa Minha Casa Minha Vida. Mas a liderança do ranking sujo da escravidão continua nas mãos do agronegócio brasileiro, principalmente a pecuária.

A publicação ocorreu após decisão judicial proferida pela 11ª Vara do Trabalho de Brasília em ação do Ministério Público do Trabalho. A União tinha até o dia 27 deste mês para publicar a lista atualizada. O descumprimento implicaria multa diária de R$ 10 mil.

Confira alguns veículos que repercutiram a publicação da Lista:

Isto É – 10/4

Correio Braziliense – Política

Correio Braziliense – Blog do Servidor

Estado de Minas – 10/04

Veja – 11/04

Rede Brasil Atual – 11/04

G1/ SC – 11/04

Correio do Estado/MS – 11/04

InfoMoney – 10/04

Money Times – 10/04

Diário de Pernambuco – 11/04

EBC – 10/04

Repórter Brasil – 10/04

Jornal O Globo – 10/04

A Cidade On – 10/04

Campo Grande News