11 Out

Sinait responde à dispensa de André Roston com publicação na Folha de S.Paulo

Publicada em: 11/10/2017

Por Solange Nunes

Edição: Nilza Murari

O Sinait condenou por meio da “Nota de Repúdio à dispensa do AFT André Roston” publicada nesta quarta-feira, 11 de outubro, no caderno Poder, página A9, no jornal Folha de São Paulo, mais uma tentativa de interferência na Auditoria-Fiscal do Trabalho. O cargo do Auditor-Fiscal do Trabalho André Roston, chefe de Divisão de Combate ao Trabalho Escravo da Secretaria de Inspeção do Trabalho do Ministério do Trabalho, é responsável por uma das áreas mais sensíveis e relevantes do órgão, que é o de combate ao trabalho escravo contemporâneo no Brasil.

Na nota, o Sindicato Nacional reitera a rejeição à ocupação política de cargos técnicos na Secretaria de Inspeção do Trabalho do Ministério do Trabalho - SIT/MTb, que é o que se delineia por trás desta exoneração.

O Sinait argumenta que não se pode admitir ingerência na autonomia da fiscalização, condição imprescindível para que os Auditores-Fiscais do Trabalho desempenhem seu papel com independência e no estrito cumprimento da lei.

Acesse aqui a publicação na Folha de São Paulo e aqui a nota no site do Sinait.