01 Jun

25 Anos do Grupo Móvel: Presidente do SINAIT destaca valor institucional do GEFM para o Estado brasileiro

Publicada em: 01/06/2020

Mensagem em vídeo foi divulgada pelo canal da Escola Nacional de Inspeção do Trabalho – Enit no YouTube e integra a “Série 25 anos do GEFM”   

Por Lourdes Marinho

Edição: Nilza Murari

O valor institucional do Grupo Especial de Fiscalização Móvel – GEFM para o Estado brasileiro é destacado pelo presidente do SINAIT, Carlos Silva, em mensagem publicada pelo Canal da Escola Nacional de Inspeção do Trabalho – ENIT, no Youtube. O vídeo integra a “Série 25 anos do GEFM”, em que Auditores-Fiscais dão depoimentos sobre suas participações no Grupo, e autoridades e artistas deixam suas mensagens de reconhecimento à atuação da fiscalização no combate a este crime.    

A Chacina de Unaí, a falta de Auditores-Fiscais do Trabalho e demais dificuldades enfrentadas pela fiscalização ao longo desses anos também são lembradas pelo representante da categoria.   

O Grupo Móvel atua em todo território nacional desde 1995, quando o governo brasileiro admitiu a existência de trabalho escravo no país e foi iniciada a política pública de combate ao trabalho escravo. Desde então, foram mais de 54 mil trabalhadores e trabalhadoras resgatados dessa condição e mais de 100 milhões de reais recebidos pelos trabalhadores a títulos de verbas salariais e rescisórias durante as operações.

Esse resultado se deve à atuação da Auditoria-Fiscal do Trabalho, que coordena o grupo, e às parcerias que foram formadas ao longo desses anos. Também participam das operações do Grupo Móvel a Polícia Rodoviária Federal (PRF), a Polícia Federal (PF), o Ministério Público do Trabalho (MPT), o Ministério Público Federal (MPF) e a Defensoria Pública da União (DPU).

Veja aqui a playlist dos vídeos que integram a “Série 25 anos do GEFM”.